Cancelamento da 8ª Copa de Futebol dos Advogados do Amazonas

53

A Caixa de Assistência dos Advogados do Amazonas e a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Amazonas, comunicam, formalmente, o cancelamento da 8ª Copa de Futebol dos Advogados do Amazonas, Troféu José Alberto Simonetti, em razão da pandemia que causou cerca de 4.000 óbitos no Amazonas, inclusive de alguns colegas advogados (as).
O fato motivou o cancelamento de todos os grandes eventos da Advocacia Amazonense em 2020, tais como a Festa Junina, IV Corrida da Advocacia, o Baile do Rubi, a Feijoada dos Advogados, entre outros eventos do calendário anual CAAAM.
Especificamente quanto à 8ª Copa de Futebol dos Advogados do Amazonas, os preparativos estavam adiantados quando foi apenas adiada, mas todas as atividades da CAAAM se tornaram online de março a junho, e começou a se considerar que a pandemia inviabilizaria a realização do evento que a CAAAM, em parceria com a OAB/AM, sempre organizou. Campeonato de acordo com todos os padrões estabelecidos pelos órgãos oficiais, com ambulância, arbitragem, estádios oficiais, congresso técnico, seguros, abertura e encerramento festivos, tendo constatado, desde julho, que diante da persistência da pandemia recomendava a transformação do adiamento em cancelamento, o que ora se anuncia.
Registre-se que os protocolos seguidos pelos campeonatos oficiais de futebol, na atualidade, exigem testes de Covid a cada rodada, o que inviabiliza o acontecimento com segurança, da referida 8ª Copa de Futebol dos Advogados.
Infelizmente, o contágio pelo Coronavírus permanece elevado e exigiria complexo e amplo protocolo de segurança dos estádios, dos atletas, com a realização de testes para a detecção do Coronavírus a cada nova partida e sanitização da infraestrutura, como os protocolos seguidos pelos campeonatos oficiais de futebol, na atualidade.
Dessa forma, a diretoria OAB-AM e a diretoria CAAAM decidiram pela não realização dos jogos dessa oitava edição, por avaliar o risco ao qual todos estariam envolvidos e, desta forma, o “maior acontecimento esportivo da classe jurídica do Amazonas e que muito contribui com a qualidade de vida da saúde mental e física da advocacia amazonense”, não irá ocorrer em 2020.
Todo o valor que foi investido pelas 16 (dezesseis) equipes inscritas, será restituído, de acordo com solicitação de requerimento individualizado por time, assinado por seu capitão e/ou representante legal e entregue na Sede CAAAM, situada na Avenida Jornalista Umberto Calderaro Filho, 2000A, de segunda a sexta-feira, de 8 às 18horas.
Reitera-se que OAB-AM/CAAAM não conseguem realizar com a segurança exigida, a 8ª Copa de Futebol dos Advogados e, de igual modo, não se responsabilizam por qualquer evento esportivo envolvendo a advocacia, considerando quaisquer riscos envolvidos.
Desejamos sucesso às equipes em suas preparações e torneios independentes e, esperamos que no ano de 2021 possamos realizar nossa Copa com a segurança necessária às vidas envolvidas, com o tamanho e a força que a Advocacia Amazonense merece.
Sem mais para o momento e com a esperança de compreensão dos envolvidos.

Atenciosamente,

Aldenize Magalhães Aufiero                       Marco Aurélio de Lima Choy
    Presidente CAAAM                                   Presidente OAB-AM