OAB-AM homenageia Bernardo Cabral durante abertura do V Congresso de Direito Tributário

131
Membro honorário vitalício, Bernado Cabral, recebendo a homenagem (FOTO: Ingrid Anne/OAB-AM)

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM), por meio da Comissão de Direito Tributário, homenageou o advogado, membro honorário vitalício da OAB e constituinte, Bernardo Cabral, durante a abertura do V Congresso de Direito Tributário, realizada nesta quarta-feira (27/09). O evento segue até sexta-feira (29/09) no auditório Rubi da sede da Seccional, localizada na Avenida Umberto Calderaro Filho, n° 2000, bairro Adrianópolis.

No discurso de homenagem, o presidente da OAB-AM, Jean Cleuter Mendonça, apresentou um breve histórico da vida pessoal e profissional do homenageado.

Presidente da OAB-AM, Jean Cleuter Mendonça, segurando a placa em homenagem à Bernardo Cabral. (FOTO: Ingrid Anne/OAB-AM)

“O senador Bernardo Cabral foi muito além, deixou um legado eterno imprimir na constituição a importância do advogado como indispensável à justiça, consagrando pela inviolabilidade dos seus atos, uma homenagem aqueles que dedicam sua vida na defesa do direito e a busca da verdade e o Estado democrático de direito, ao inserir no artigo 133 da constituição a indispensabilidade do advogado. Então, hoje a advocacia tem estado constitucional em razão do amazonense homenageado relator da constituinte doutor Bernardo Cabral”, declarou Jean.

Em sua trajetória profissional, Cabral atuou como advogado, jornalista, promotor, chefe de polícia e psicólogo. Aos 30 anos, iniciou sua carreira política. Presidiu o Conselho Federal da OAB no biênio 1981-1983. Anteriormente, ocupou os postos de secretário-geral e conselheiro federal. Foi relator-geral da Assembleia Constituinte, e sugeriu a inclusão na Carta de 1988 do artigo 133, que define o advogado como indispensável à administração da Justiça.

“Estou profundamente emocionado, já fui conselheiro seccional da OAB do Amazonas, quando eu recebi esse convite fiquei muito feliz, isto me dá uma satisfação imensa, nenhum Estado que passei em toda a minha vida, me deu tanta alegria, a semente foi plantada na advocacia amazonense e é realmente muito gratificante apoiar esta comissão e a defesa da Zona Franca de Manaus, pois ela revolucionou o Estado”, disse o homenageado.

Artigo anteriorOAB-AM sedia IV Congresso Nacional de Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente nesta quinta (21) e sexta (22)
Próximo artigoNovo Portal da Transparência da OAB-AM chega com mais informações e acessibilidade à advocacia amazonense