OAB-AM nomeia advogado para administração de filial em Barreirinha

64

Na tarde de segunda-feira (08/08), o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas, Jean Cleuter Mendonça, nomeou o advogado Klelson Alves da Silva como o responsável pela administração e conservação da Sucursal da instituição no município de Barreirinha (a 330 quilômetros de Manaus). A nomeação aconteceu na sede da OAB-AM, situada na avenida Humberto Calderaro, bairro Adrianópolis, zona sul. A Sucursal  é um escritório que representa a OAB-AM na região.

A partir de agora, o advogado Klelson Alves da Silva, poderá encaminhar as reivindicações dos advogados do município, bem como cuidará, salvo outra orientação, da intocabilidade das prerrogativas da classe em Barreirinha. Para Klelson Alves da Silva, essa nomeação abre portas para a interiorização da instituição, haja vista que, no município, nunca houve nenhum representante, bem como servirá como um ponto estratégico que possibilitará a filial  propor ideias às autoridades locais.

“Através dessa portaria, fui nomeado para representar a Ordem dos Advogados. Nunca teve nenhum representante, diga-se de passagem, no município e essa nomeação é importante tendo em vista o processo de interiorização da OAB. Então fica muito mais fácil, através dessa portaria, a legitimidade para propor, em nome da ordem, melhorias, como, por exemplo, propor para o prefeito um termo de cooperação técnica onde a prefeitura possa ceder espaço, estrutura, sem contar que não só a ordem dos advogados, mas os advogados atuam no município vão ter um acesso muito mais próximo da OAB. Então isso aqui é uma questão estratégica”, declarou.

A portaria com a nomeação do advogado saiu nesta terça-feira, 09 de agosto, e o mandato de Klelson Alves da Silva deve durar até 31 de dezembro de 2024.

Fotos: Felipe Martins

Texto: Antony Franco

Artigo anteriorSecretária-Geral da OAB-AM recebe medalha do mérito Ruy Araújo na Aleam
Próximo artigoOAB-AM promove evento sobre violência contra a mulher com presença de palestrantes nacionais