OAB-AM elege novos conselheiros seccionais

18

Na noite de quarta-feira (03/08), aconteceu a eleição para conselheiros seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM). Os advogados Mário Augusto Marques e Florência Silva foram os eleitos ao cargo. O fato aconteceu na sede da instituição, situada na avenida Humberto Calderaro, bairro Adrianópolis, zona sul.

A conselheira Florência Silva concorria pelo pleito feminino contra a advogada Grace Kelly, e foi eleita com 31 votos. Enquanto o conselheiro Mário Augusto Marques, concorria pela vaga com o advogado João Gilson Pereira, onde foi eleito com 29 votos.

De acordo com a conselheira, Florência Silva, a assunção ao cargo é inédita para ela, sendo motivo de alegria. “A sensação com o resultado é de felicidade, mas também de um sentimento de responsabilidade de um novo desafio que vem pela frente com muito aprendizado, porque eu nunca assumi essa função de conselheira, é a primeira vez, na suplência. Então o desejo realmente é de aprendizado, amadurecimento e de colaboração com a instituição, com muito compromisso, responsabilidade e seriedade que já é peculiar nas minhas atividades profissionais”, disse.

O conselheiro Mario Marques, agradeceu os votos recebidos e afirmou que agora o momento é de contribuir com a OAB-AM para transformar a Seccional em um exemplo para as demais instituições.

“Me senti honrado e prestigiado com os votos dado pelos colegas conselheiros. E com a sensação de que tenho muito a contribuir com nossa seccional agora nessa nova função. O cargo é de extrema importância e relevância para a OAB, pra atual gestão, que inicia uma nova etapa, um novo trabalho. Eu espero poder contribuir da melhor maneira possível para que cada vez mais a nossa seccional seja um exemplo para as demais do país”, afirmou.

Conselheiros Seccionais

Os conselheiros seccionais da OAB deliberam sobre o orçamento da receita e despesa para o exercício seguinte, aprovam o balanço e contas da diretoria e da Caixa de Assistência de Advogados do Amazonas (CAAAM), organizam o quadro de pessoal, tomam compromisso dos novos advogados inscritos, como também tem a função de dirimir conflitos entre os órgãos da Seccional. Eles também julgam os recursos contra as decisões das comissões e dos presidentes, do conselho de ética, bem como elegem os membros titulares e suplentes e podem alterar, inclusive, o regimento interno. Essa é a maioria das atribuições dos conselheiros.

Fotos: Divulgação OAB-AM

Texto: Antony Franco

Edição: Ana Sena

Artigo anteriorOAB-AM realiza diversos eventos no mês da advocacia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui