OAB-AM realiza primeira reunião no metaverso do Brasil

287

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM), por meio da Comissão de Direito Digital, Startup e Inovação, realizou na noite de terça-feira (05/07) o primeiro encontro no metaverso.

A reunião aconteceu com o apoio do Sebrae-Lab e teve por objetivo inserir os participantes no ambiente digital, bem como tratar de assuntos referentes aos meetups mensais, Amazônia Legal Hackathon, a participação da comissão na AESP Amazônia e os desafios e impactos do metaverso na sociedade.

Segundo o presidente da comissão, Aldo Evangelista, existe a probabilidade de as próximas reuniões acontecerem no metaverso. Para ele, o encontro serviu para explicar aos participantes formas de usar o espaço compartilhado, tal como debater o desenvolvimento e os efeitos do metaverso na sociedade para o futuro.

“Essa foi a nossa reunião ordinária da comissão e decidimos fazer no metaverso, no espaço do SebraeLab para familiarizar em primeiro momento os presentes na reunião e depois explicar o que é o metaverso, o seu desenvolvimento e seus impactos no futuro. Além disso, a reunião tratou de pautas como meetups, que é roda de conversa entre as startups e a sociedade sobre os direitos digitais e inovação jurídica”, explicou.

Ainda segundo Aldo Evangelista, a principal diferença de uma reunião no metaverso para uma em plataformas de reuniões online conhecidas é o formato extensivo do programa, funcionando como uma realidade virtual. Além disso, proporciona formas de compra e venda, fomentando a relação econômica da sociedade.

“O Metaverso, apesar de ser online, é diferente de outros aplicativos de reuniões, pois a plataforma se mostra como uma extensão do mundo físico no âmbito virtual, com cada indivíduo tendo o seu próprio avatar. Além disso, no metaverso, há uma cultura e relação econômica, como o e-commercer proporcionando a compra e venda de propriedades’’, finalizou o advogado.

Tecnologia

O metaverso é uma das principais apostas tecnológicas dos últimos anos e deve inovar a maneira como a sociedade se comunica, proporcionando todo o tipo de conteúdo em tempo real por meio da tecnologia de realidade aumentada, segundo os membros da comissão da OAB-AM.

  Foto: Divulgação OAB-AM

Artigo anteriorMembros da comissão OAB Jovem são empossados
Próximo artigoComissão OAB Jovem capacita mais de dois mil novos advogados