OAB-AM e CACC promovem curso gratuito sobre Combate à Corrupção nas Eleições

240

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Amazonas (OAB-AM), por meio da Escola Superior de Advocacia (ESA-AM), e o Comitê Amazonas de Combate à Corrupção (CACC) promove, no dia 2 de março, às 9h, o curso gratuito “Instrumentos legais de combate à corrupção nas Eleições de 2024”. O evento acontecerá no auditório da ESA-AM, localizado na Rua São Benedito, n° 99, bairro Adrianópolis.

A atividade tem o objetivo de formar advogado(a)s, contadores, jornalistas, administradores, economistas, dirigentes partidários, militantes sociais e pré-candidatos sobre Instrumentos legais de combate à corrupção nas Eleições de 2024. As inscrições podem ser feitas de forma gratuita no link: https://abre.ai/cursoesaeleicoes.

O curso será ministrado pelo professor de direito eleitoral, promotor de justiça no Ministério Público do Amazonas (MPAM) e promotor Eleitoral na 17ª Zona Eleitoral do Amazonas, Weslei Machado.

De acordo com o presidente da OAB-AM, Jean Cleuter Mendonça, a iniciativa é de extrema importância, pois destaca o papel fundamental da OAB na promoção da transparência e na defesa de eleições democráticas.

“A OAB, através da Comissão de Reforma Política e Combate à Corrupção Eleitoral, que faz parte do Comitê de Combate à Corrupção Eleitoral, tem o objetivo de combater a corrupção nas eleições, garantindo um processo democrático justo e transparente. Este é um momento crucial em que todas as entidades devem desempenhar um papel protagonista para assegurar a verdade e a transparência no cenário político”, afirmou Mendonça.

O coordenador do CACC, Carlos Santiago, explicou que esse é o primeiro de uma série de cursos gratuitos que serão promovidos e detalhou os planos para os próximos.

 “Além desse primeiro curso do dia 2 de março, a parceria entre a OAB e o Comitê visa promover cursos abrangentes, abordando temas como voto consciente, propaganda eleitoral, combate às fake news, importância da inteligência artificial nas eleições, incentivo à participação feminina, funções dos cargos em disputa, processo de escolha de representantes, voto proporcional e voto majoritário. Além disso, teremos a colaboração de instituições como o Sindicato dos Jornalistas, o Conselho Regional de Administração, de Contabilidade e de Economia, visando proporcionar à sociedade uma educação política robusta e oferecer propostas para a melhoria das administrações públicas”, destacou Santiago

Apoio

Estão apoiando a realização dos cursos as instituições que, além da OAB-AM, também integram o Comitê Amazonas de Combate à Corrupção (CACC), tais como o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amazonas, o Sindicato dos Fazendários e os Conselhos Regionais de Administração, Contabilidade e Economia.

Artigo anteriorOAB-AM promove palestra gratuita sobre Crimes Cibernéticos e Crimes Contra o Consumidor
Próximo artigoOAB-AM publica esclarecimento do CFOAB sobre o edital do Exame de Ordem 39°