Pela primeira vez, Sucursal da OAB-AM de Humaitá realiza ação social com atendimentos jurídicos gratuitos

132
FOTO: Divulgação OAB-AM

De forma inédita, a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas, por meio da Sucursal de Humaitá, realizou, nesta segunda-feira, dia 1 de maio, em homenagem ao Dia do Trabalhador, uma ação social na região, oferecendo atendimentos jurídicos gratuitos para a população. A atividade foi realizada em parceria com a Diocese de Humaitá e aconteceu na quadra da Matriz, resultando no atendimento de 25 pessoas, entre elas orientações, dúvidas e quatro ações trabalhistas a serem protocoladas.

Para o presidente da OAB-AM, Jean Cleuter Mendonça, essa iniciativa foi fundamental para aproximar a população da Justiça e garantir o acesso à assistência jurídica para quem mais precisa.

“O Dia do Trabalhador é uma data muito importante para a nossa sociedade, e nada mais justo do que promover uma ação que pudesse atender às necessidades da população e homenagear aqueles que dedicam suas vidas ao trabalho. Fico muito feliz em ver o sucesso dessa iniciativa e acredito que essa seja uma forma de fortalecer o papel da advocacia como um instrumento de transformação social”, destacou o presidente.

FOTO: Divulgação OAB-AM.

De acordo com o representante da OAB-AM na sucursal, André Luiz Lopes, a ação contou com a participação de seis advogados atendendo gratuitamente a população.

“Foi a primeira vez que aconteceu uma ação social da sucursal, e pelo dia do trabalhador, tivemos essa iniciativa de fazer a ação voltada para atendimentos trabalhistas, onde contamos com a presença de seis advogados, que fizeram esses 25 atendimentos gratuitos”, informou André.

A OAB-AM reafirma o compromisso de estar sempre ao lado da população e trabalhar para garantir que os direitos dos cidadãos sejam respeitados e defendidos. A Sucursal de Humaitá está à disposição para prestar atendimento jurídico gratuito em outras oportunidades, reforçando o papel da advocacia como uma ferramenta importante para promover a justiça e a igualdade social.

Artigo anteriorCampanha “Faça Bonito”, que combate exploração sexual na infância e adolescência, é lançada pela SEJUSC na sede da OAB-AM
Próximo artigoOAB-AM visita Subseção de Tefé e discute temas relevantes para a classe jurídica local