OAB reúne com diretoria da Caixa Econômica para viabilizar parceria

61

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM), por meio de seu presidente, Jean Cleuter Mendonça, reuniu com membros da diretoria da Caixa Econômica Federal, na tarde desta quinta-feira (31/03), na sede da instituição.

O encontro teve por objetivo viabilizar trabalhos em parceria com a Ordem e a Caixa, em prol da advocacia amazonense. Na ocasião, foram tratadas a possibilidade da assinatura de um termo de cooperação e até a realização de mutirão processual.

Para o presidente da OAB-AM, a parceria tende a facilitar a atuação dos advogados em causas que envolvam a Caixa Econômica, gerando assim os honorários aos profissionais e também auxiliando a sociedade com a resolução de processos entre as partes.

 “A minha maior preocupação é em ajudar o nosso advogado durante esses processos. O que gerar ganho para nossa classe, com certeza vamos fazer. Sou a favor da realização de mutirão, podemos chamar diversas empresas prestadoras de serviços e fazer essas conciliações, gerando assim benefícios para a sociedade e ao nosso advogado com o ganho de causa”, disse Jean Cleuter.

De acordo com o gerente jurídico da Caixa no Amazonas, Alcefredo Souza, a instituição financeira se colocou à disposição para celebrar um termo de cooperação com a OAB, com objetivo de facilitar para o advogado, que antes de ajuizar uma ação em face da caixa, que ele procure o setor jurídico para uma conciliação.

“No caso do advogado que já tenha uma ação, procurar a agência por meio da OAB, para fechar um acordo. Foi viabilizado ainda a realização de mutirão para atender os advogados e seus clientes, realizando assim uma análise de processos e negociações. Estamos nos colocando à disposição da OAB para solucionar qualquer problema relacionado as atividades bancarias da Caixa”, garantiu.

Ainda segundo o gerente jurídico, a reunião também objetivou o diálogo, principalmente no que tange as comissões que estão sendo nomeadas. “Qualquer desses assuntos que a Caixa possa melhorar seu atendimento, ou tomar conhecimento de situações que ela não tenha sido noticiada até então. O que nós queremos é solucionar qualquer problema em relação ao atendimento do nosso portfólio”, afirmou Alcefredo Souza.

Fotos: Jefferson da Silva OAB-AM

Artigo anteriorOAB-AM nomeia membros da comissão do consumidor
Próximo artigoOAB recebe os três melhores projetos arquitetônicos para o clube dos advogados