OAB-AM realiza roda de conversa com mulheres

65

Com objetivo de compartilhar conhecimento e expor obras literárias produzidas por mulheres, a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM), por meio da Comissão da Mulher Advogada em parceria com a Escola Superior de Advocacia (ESA), realizou uma roda de conversa. O evento aconteceu na noite de sexta-feira (18/03), no auditório da ESA, localizado na rua São Benedito, bairro Adrianópolis, zona sul.

No local, mulheres advogadas que lançaram livros e artigos científicos com temas diversos, durante a pandemia, puderam falar sobre a importância de escrever e auxiliar o ramo jurídico com novas obras. Livros sobre democracia, feminicídio, patrimônio histórico, trabalho escravo, suicídio assistido, adoção, inteligência artificial e campanha eleitoral, foram algumas das publicações comentadas.

Para a secretária-geral da OAB e vice-presidente da comissão, Omara Gusmão, o evento foi uma oportunidade também para a instituição catalogar as advogadas especialistas em determinados temas e assim organizar novos eventos que promovam o compartilhamento de conhecimento.

“Foi uma noite enriquecedora, onde tantas mulheres fantásticas, estudiosas de temas tão diversos compartilharam as experiências de escrever livros e artigos, de estudar, o que nos ajuda também a entender sobre esses assuntos e pensar em fazer outros eventos para que cada vez mais possamos levar conhecimento aos nossos advogados e para sociedade como um todo”, afirmou.

De acordo com o presidente da Esa, Carlos Alberto Ramos, a escola enquanto braço educacional do sistema OAB, tem o dever de enaltecer e divulgar a produção científica da advocacia amazonense. “Por se tratar de evento incluído no calendário das comemorações alusivas ao mês da mulher, o destaque foi dado à produção acadêmica das advogadas de nosso Estado. A maioria deles produzidos durante programas de pós graduação “stricto sensu””, disse.

Fotos: Jefferson da Silva – OAB-AM

Artigo anteriorOAB-AM envia ofício para senado e câmara dos deputados sobre porte de arma para o advogado
Próximo artigoEm alusão ao dia do Ouvidor, OAB-AM recebe homenagem na CMM