Parceria público-privada vai viabilizar obra em Manaus

143
Parceria público-privada vai garantir valorização da cultura. (Fotos: Divulgação OAB)

MANAUS – A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Amazonas, (OAB/AM), se reuniu, nesta quinta-feira, 5, com líderes da Sociedade Árabe Palestina do Amazonas e o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), para celebrar a parceria público-privada que irá garantir à capital a contrução de uma praça e manutenção da área pública, na avenida Tancredo Neves, no bairro de mesmo nome, próxima ao shopping Cidade Leste, na zona Leste da capital.

“Esse é um ganho para sociedade e para a cultura mundial. E eu quero parabenizar a todos os envolvidos, por essa parceria, pois precisamos estar de mãos dadas com todos os atores que integram a nossa sociedade”, afirmou a presidente da OAB-AM, Grace Benayon.

Para o prefeito de Manaus, David Almeida, a parceria público-privada garantirá a recuperação de espaços e valorização da cultura em Manaus.

“Esse é o primeiro espaço que será adotado na capital e nós vamos trazer um pouco da Palestina para a zona Leste. Esse é o pontapé inicial, é a nossa lei de adoção de espaços públicos, parceria com a iniciativa privada. Nós temos na cidade uma diversidade de povos e nós vamos buscar nas empresas do Distrito Industrial essa parceria inovadora, incentivando e trazendo um pouco da cultura desses países para Manaus”, afirmou Almeida.

Para o presidente da Sociedade Árabe Palestina do Amazonas, Mamoun Imwas, a OAB/AM foi um elo muito importante para a chegada desse projeto à prefeitura e agradece pelo sonho que será realizado de poder implantar no Amazonas um pouco da cultura árabe, deixando como exemplo a ser seguido por outras comunidades.

“Pela primeira vez temos um espaço da prefeitura, que foi cedido, e agora iremos recuperar, reconstruir e fazer a manutenção, principalmente trazendo a cultura palestina, inspirada na Esplanada das Mesquitas de Jerusalém. Esse é um exemplo a ser seguido, pois se todas as empresas pegassem um espaço desse na cidade e cuidassem, estaríamos ajudando a prefeitura com a administração dos espaços públicos e também nós podemos trazer a cultura de vários países, enriquecendo a nossa cidade”, destacou o presidente da Sociedade Árabe Palestina do Amazonas.

Estiveram presentes na reunião, a presidente da OAB Amazonas, Grace Benayon, o procurador-geral do Município, Marco Aurélio Choy, e representando a Sociedade Árabe Palestina do Amazonas, o presidente Mamoun Imwas, a vice-presidente Muna Hajoj e o diretor da juventude Sanaud, Khalil Imwas, que apresentaram ao prefeito David Almeida o projeto para o espaço.

Informações Assessoria.

Artigo anteriorOAB AMAZONAS LANÇA PROGRAMAÇÃO ALUSIVA AO MÊS DA ADVOCACIA
Próximo artigoORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL REALIZA 2ª FASE DO XXXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO