Ufam é a vencedora da 5ª Edição do Júri Simulado da OAB-AM

91

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) é a faculdade campeã da 5ª 5edição do Júri Simulado da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM), promovido pela Comissão de Aperfeiçoamento Jurídico, por meio da Escola Superior de Advocacia (ESA). A disputa pelos primeiros lugares ocorreu na noite da última segunda-feira (28), no auditório da OAB-AM.

A Faculdade Martha Falcão (FMF) conquistou o 2º lugar. O 3º lugar ficou com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e o 4º com o Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa). A competição reuniu sete instituições de ensino superior. Ao longo dos seis dias de competição cerca de 1800 estudantes de Direito passaram pelo auditório da OAB.

O Diretor Geral da ESA, Paulo Trindade, faz um balanço sobre essa edição. “Esse é mais um dos eventos que entra para a história dos eventos acadêmicos da OAB-AM. É gratificante a adesão das faculdades participantes que proporcionaram um público de aproximadamente 400 nos dias de competição”, ressaltou Trindade.

A Presidente da Comissão de Aperfeiçoamento Jurídico, Yohanna Menezes, fala sobre a responsabilidade de coordenar quase 50 acadêmicos de Direito, além dos Advogados voluntários que contribuem para a realização do evento. “É uma responsabilidade muito grande, mas que tenho a grata satisfação e contar com o apoio de mais de 25 advogados que trabalharam arduamente para o desenvolvimento das atividades. É um trabalho coletivo e gratificante”, completou Yohanna.

Neste ano, a edição homenageou um dos grandes juristas do Amazonas, o Advogado João dos Santos Pereira Braga. Advogado e professor de Direito, o homenageado já exerceu diversos cargos importantes no Estado e Prefeitura como Procurador Geral de Justiça, Conselheiro do Tribunal de Contas, Advogado do Tribunal do Júri no início da carreira, além de Presidente da OAB-AM.

 

Artigo anteriorFeminicídio é tema de Seminário realizado pela Comissão da Mulher Advogada
Próximo artigoConvite para o I Congresso de Direito Imobiliário do Estado do Amazonas