OAB Amazonas realiza curso prático sobre Protesto Extrajudicial

24

Na próxima quinta-feira (22), às 16h, será realizado no auditório da sede da OAB Amazonas o curso “Protesto Extrajudicial Como Ferramenta para Advogados”. A capacitação é voltada para advogados, estudantes e profissionais do Direito. A inscrição é gratuita.

De acordo com o Superintendente do Instituto de Protesto do Amazonas, Rafael Stone, que vai ministrar o treinamento, o objetivo do curso é levar, ao conhecimento dos participantes, noções mais aprofundadas sobre o protesto extrajudicial como uma ferramenta de recuperação de crédito, apresentar suas vantagens e tirar dúvida do dia a dia.

“Hoje, o fenômeno da desjudicialização é uma realidade, e o protesto de título é uma das ferramentas que auxiliam na redução de demanda e na solução de conflitos. Para isso o advogado precisa ter o domínio desta ferramenta, evitando aí uma eventual demanda ou encerrando-a. Existem processos que se arrastam por anos, mas com esse mecanismo alternativos de solução de conflitos, há possibilidade de os advogados alcançarem seus objetivos”, explica Stone.

Convênio

Em maio deste ano, a OAB/AM e IEPTB/AM (Instituto de Estudo de Protesto de Títulos do Brasil) firmaram parceria que permitiu o advogado levar títulos a protesto (nota promissória, contratos, duplicata, cheque e sentença judicial) sem pagamento das custas. A partir do convênio, as custas passaram a ficar por conta do devedor, quando o mesmo pagar o título protestado.

“Diante desse cenário que foi um convênio firmado entre o Instituto de Protestos e a OAB, houve a necessidade de promover esse curso, que visa justamente atualizar os colegas advogados para que ele possa saber como manusear o instrumento do protesto a seu favor, como uma importante ferramenta de trabalho ”, diz a presidente da Comissão de Direito Imobiliário, Notarial e Registral da OAB/AM, que está coordenando o evento.