OAB-AM se une à Defensoria em audiência pública para discutir melhorias em planos de saúde

161
(FOTO: Divulgação OAB-AM)

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM), por meio da Comissão de Direito Médico, participou, nesta quinta-feira, dia 27 de abril, da audiência pública promovida pela Defensoria Pública do Amazonas (DPE-AM), para discutir o acesso a tratamentos multidisciplinares para pacientes com deficiências que usam planos de saúde.

O presidente da Seccional, Jean Cleuter Mendonça, destacou a importância da Comissão de Direito Médico na discussão sobre o assunto e informou ainda que a OAB Amazonas atuará junto com o Núcleo de Defesa da Saúde (NUDESA) nessa investigação.

“A Comissão de Direito Médico da OAB-AM teve importante participação na Audiência Pública e é fundamental que continuemos atuando em defesa desses pacientes e acompanhando de perto a investigação conduzida pelo NUDESA. Estamos de portas abertas e podem contar conosco para buscar soluções e garantir o acesso a um tratamento de qualidade para todos”, informou o presidente.

A OAB-AM, foi representada na audiência pelo presidente da Comissão de Direito Médico, Heládio Gomes, que reafirmou que o evento foi de extrema importância para melhoria de atendimento e qualidade de vida das pessoas vinculadas.

“A nossa participação na Audiência Pública promovida pela Defensoria Pública foi importante para discutir o acesso a tratamentos multidisciplinares para pacientes com deficiências que usam planos de saúde. Vamos continuar lutando pelos direitos desses usuários e buscando soluções efetivas para a situação”, enfatizou Heládio.

Durante a audiência, estiveram presentes diversos representantes, incluindo defensores públicos, representantes de empresas de planos de saúde.

Na ocasião, familiares tiveram a oportunidade de expressar suas preocupações com a demora no atendimento, a falta de profissionais qualificados e a ausência de tratamentos fundamentais para crianças e adolescentes com deficiência. O NUDESA iniciou um processo coletivo para investigar como os planos de saúde do Amazonas estão tratando os pacientes com deficiências.

Além do presidente da Comissão de Direito Médico, estiveram marcando presença na audiência a secretária Suse Barbosa Leitão e os membros Ana Caroline Jansen e Nivaldo Luiz Pereira da Silva.

Artigo anteriorTerceiro Fórum Abril Laranja promoveu debate sobre combate aos maus-tratos a animais em parceria com OAB-AM e Fametro
Próximo artigoEm inauguração de novas instalações do GMF, OAB-AM e TJAM destacam importância da advocacia no sistema penitenciário