Em Parintins, OAB-AM realiza ato de desagravo em defesa das prerrogativas

294
OAB-AM em ato desagravo. (FOTO: Cristie Sicsú/OAB-AM)

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM) realizou, nesta segunda-feira, dia 3 de abril, um ato de desagravo em favor da presidente da OAB Subseção Parintins, Ana Claudia Vieiralves e da advogada Renata Bernadino Paiva, que tiveram o exercício da profissão impedido, em fevereiro de 2022, pelo então presidente da Câmara Municipal de Parintins, Mateus Assayag. O ato aconteceu em frente à Câmara Municipal de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus).

O objetivo do desagravo foi publicizar a solidariedade da classe profissional para com as advogadas ofendidas, bem como demonstrar repúdio ao ato praticado contra as duas advogadas, que foram proibidas de acessar o prédio público.

De acordo com o presidente da Seccional, Jean Cleuter Mendonça, a ordem estará sempre presente para defender o advogado, seja na capital ou no interior.

“Seja em Manaus, seja em Parintins, seja em qualquer município do interior do estado, não podemos deixar o cidadão sem defesa. Esse é um direito constitucional e deve ser cumprido, nós estamos aqui porque a advocacia tem que ser respeitada”, disse o presidente.

Segundo a presidente da OAB Subseção Parintins e uma das advogadas desagravadas, Ana Claudia Vieiralves, a advogada Renata Bernadino Paiva recorreu à OAB porque já tinha sofrido violação das prerrogativas.

“Vim aqui para socorrer uma colega, uma advogada que foi impedida de entrar e acompanhar a cliente que estava tendo um ato em plenário na Câmara Municipal de Parintins e, ao chegar para defender a profissional da advocacia, também fui impedida de entrar”, relatou Ana.

Diretoria da OAB-AM em ato desagravo. (FOTO: Cristie Sicsú/OAB-AM)

Estiveram presentes no ato o presidente da OAB-AM, Jean Cleuter; a vice-presidente, Denize Aufiero; a secretária-geral da OAB-AM, Omara Gusmão; o diretor-tesoureiro, Sérgio Cruz; o ouvidor-geral, Fernando Simões; a procuradora-adjunta de prerrogativas da OAB-AM, Ângela Segadilha; o presidente da Comissão da OAB-AM no interior, André Oliveira; representando a CAAAM, a ouvidora da CAAAM e coordenadora-geral adjunta de Interiorização do CFOAB, Náiade Perrone.

Artigo anteriorExpo Mulher OAB-AM oferecerá serviços gratuitos para a população nesta sexta-feira (31)
Próximo artigoOAB publica editais para formação de listas sêxtuplas ao TRF-1