Em 2022, OAB-AM atendeu mais de 20,5 mil advogados

232

Prestar atendimento de excelência aos advogados é o principal compromisso da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM) que, no ano de 2022, teve um avanço significativo, com 20.533 atendimentos aos profissionais da advocacia amazonense, por meio da Central de Atendimento. Só no interior do Estado, mais de 150 advogados foram atendidos.

De acordo com o presidente da OAB-AM, Jean Cleuter Mendonça, o resultado não poderia ser diferente, pois a Seccional inova a cada dia nas ferramentas para obter um atendimento de qualidade aos advogados do Estado.

“Os dados mostram como a OAB-AM atua a cada dia em prol dos advogados, então, esse desempenho do primeiro ano do triênio 2022 a 2024 não poderia ser outro. O dever da nossa gestão é sempre entregar o melhor serviço aos profissionais da advocacia, e estamos muito contentes e com sentimento de gratidão”, afirmou o presidente.

Para a secretária-geral da OAB-AM, Omara Gusmão, o sentimento é de dever cumprido, pois a Seccional vem executando um bom trabalho tanto no âmbito corporativo, quanto para a sociedade em geral. Ela destaca que a instituição está satisfeita com o desempenho.

“A gente verifica que a OAB-AM está, efetivamente, cumprindo o seu papel de não só atender a classe no seu âmbito corporativo, mas de estar presente junto à sociedade. Então, terminamos 2022 de coração cheio, com satisfação, e esperando superar todos esses números que apresentamos no ano passado em 2023”, disse Omara.

No ano passado, a OAB-AM ainda foi responsável pela criação de mais de 68 comissões temáticas, sendo ferramentas essenciais da casa para fornecer assistência aos diversos setores da advocacia no Amazonas.

Além disso, a Escola Superior de Advocacia (ESA-AM), da OAB-AM, ofereceu mais de 20 cursos durante o ano de 2022, entre eles, estão os cursos de pós-graduação e atualização.

FOTOS: Felipe Martins/OAB-AM.

Artigo anteriorNota de Repúdio em defesa dos direitos dos Yanomamis e dos demais Povos Tradicionais
Próximo artigoOuvidoria da OAB-AM realizou mais de mil atendimentos em 2022