Dia da Mulher Advogada é comemorado na OAB-AM

338

Advogadas que compõem as diversas comissões da OAB Amazonas promoveram no final da tarde desta terça-feira (15/12), um ato simbólico comemorativo ao Dia da Mulher Advogada, em frente à sede da Ordem.

Durante o movimento, as advogadas também comemoraram a decisão do conselho Pleno da OAB que aprovou na segunda, 14, a implementação da paridade de gênero em todas as chapas e diretorias nos estados e nacionalmente.

A vice-presidente da Ordem, Grace Benayon explicou que a iniciativa determina a paridade de gênero para registro de chapa nas eleições dos quadros da Ordem.

“Agora, as chapas concorrentes deverão alcançar 50% de inscritos mulheres, seja para titulares ou para suplentes. Trata-se de uma grande conquista para nós, mulheres advogadas e estamos aqui para compartilhar essa vitória com todas as mulheres”, comemorou Grace.

A proposta foi apresentada pela conselheira da OAB-Goiás, Valentina Jungmann, e já vai valer para as próximas eleições, em 2021.

Outra importante conquista, lembrada durante o ato comemorativo pelas advogadas, foi a aprovação de duas leis que incluem o Dia da Mulher Advogada no calendário oficial do município de Manaus e também no Estado do Amazonas.

“Hoje, 15 de dezembro, é o Dia da Mulher Operadora do Direito, um dia para comemorar e para reafirmar a luta por direitos, igualdade e pelas prerrogativas da mulher que exerce a advocacia”, afirmou a presidente da Comissão Mulher Advogada da OAB-AM, Maria Gláucia Barbosa Soares.

Ao todo, a Ordem conta, atualmente, com cerca de 630 mil advogadas e estagiárias brasileiras, representando 50% da advocacia.

No Amazonas, são 6.162 mulheres entre advogadas e estagiárias inscritas na OAB.

Além de Grace e Gláucia, participaram também do ato, o presidente da OAB-AM, Marco Aurélio de Lima Choy, o coordenador das Comissões, Anderson Fonseca e demais advogadas que compõem a Comissão da Mulher Advogada da seccional do AM.

“É mais uma conquista histórica da OAB Nacional, reforçada pelo trabalho incansável das Comissões da Mulher Advogada de todos os Estados, por mais igualdade e justiça na advocacia brasileira”, destacou o presidente da Ordem no Amazonas, Marco Choy.

Texto: Tereza Teófilo
Fotos: Jeferson Santos

Artigo anteriorOAB aprova cotas para negros nas eleições da Ordem a partir de 2021
Próximo artigoNOTA – Comissão BR319 OABAM