I Simpósio de Saúde Mental chama atenção para o stress como fator desencadeante para o transtorno mental

102

No primeiro dia do Simpósio de Saúde Mental promovido pela Caixa de Assistência dos Advogados do Amazonas (CAAAM) com o apoio da seccional do Amazonas, a jornada de trabalho e o estresse causado pelo cotidiano foram apontados como um dos fatores desencadeantes para o transtorno mental.
A programação está reunindo profissionais da saúde, advogados, advogadas e estudantes de Direito no auditório da Ordem.
A solenidade de abertura do Simpósio contou com a presença do presidente da OAB/AM, Dr. Marco Aurélio Choy, da presidente da Caixa de Assistência ao Advogado, Dra. Denise Aufiero e do Secretário-Geral do Conselho Federal da OAB, Dr. Beto Simonetti.
“A iniciativa do Simpósio é de sensibilizar a classe advocatícia e a sociedade em geral para o cuidado com a saúde mental”, afirmou o presidente Marco Choy
A conselheira federal da OAB e autora da Cartilha da Saúde Mental da Advocacia, Dra. Sandra Krieger, abriu a programação do primeiro dia e abordou o tema “Um olhar sobre a Advocacia” e fez um paralelo sobre o gênero humano e a saúde mental.
O secretário-geral da OAB Nacional, Dr. Beto Simonetti, ressaltou a importância da discussão sobre o tema para a classe. “Devido aos trâmites que a profissão exige, o intuito é chamar a atenção para os cuidados e proteção psicológica. O ramo da advocacia é uma profissão de excesso permanente, que sempre está pensando em algo relacionado ao trabalho. O advogado não desliga, mas é necessário primeiramente cuidar de si para poder cuidar do direito dos outros”, afirmou Beto.
O incentivo à prática da inteligência emocional de forma a lidar com os problemas que a mente humana pode impor ao longo da vida foi um dos pontos destacados durante as palestras.
O psiquiatra Dr. Luiz Henrique palestrou sobre a importância da psiquiatria na aquisição da saúde mental.
O evento segue nesta sexta-feira (31) com os temas Neurociência e a influência da tecnologia na saúde mental.